Bolsas Auxílio

Como funcionam?

 

As saídas para intercâmbio podem acontecer com ou sem o pagamento de bolsas de auxílio. Estas bolsas podem estar vinculadas a programas específicos ou ser ofertadas através de processo seletivo para os alunos da UFPR. Gostaríamos de lembrar aos interessados que bolsas de auxílio nem sempre estão à disposição.

 

Como saber se há bolsas disponíveis?


Quando há a possibilidade de ofertamento de bolsas, os requisitos para obtenção  variam de acordo com o edital. Hoje, para ser considerado apto a participar dos Programas de Mobilidade, o aluno deve ter IRA 6,0 e número irrestrito de reprovações. Já para ter direito à bolsa, ele deve ter IRA 7,0 e no máximo uma reprovação. Reiterando, essas especificações variam de acordo com o edital específico do Programa que se deseja participar, podendo, portanto, serem alteradas. Sendo assim, é imprescindível a leitura atenta do edital do Programa que se deseja participar.

 

Viajando sem a bolsa


Quando não há bolsas disponíveis, isso significa que o custeio do aluno, ou seja, moradia, alimentação e transporte, ficará a cargo do próprio interessado. Entretanto, o aluno UFPR que sai na condição de intercambista, mesmo sem a bolsa, está isento de pagamento de taxas acadêmicas na instituição de destino. Ou seja, ser considerado apto a participar dos Programas de Mobilidade, porém sem bolsa, permite ao aluno estudar fora do país sem ter que pagar as taxas comuns nas Universidades Internacionais, como mensalidade e outras.