Mobilidade Nacional

O que é?


A Mobilidade Nacional é um programa da ANDIFES que permite aos alunos de graduação permanecer em uma Universidade Pública Federal parceira por um semestre. A UFPR, através do Programa Andifes de Mobilidade Acadêmica, possui convênio firmado com todas as Instituições Públicas Federais de nível superior do Brasil. As atividades desenvolvidas no período de intercâmbio serão convalidadas na volta do aluno à instituição de origem.

 

Quem pode participar? 

 

As definições sobre quem pode participar do programa variam de Edital para Edital. Portanto, fique atento sempre que um novo Edital é liberado.

 

Quais os procedimentos para alunos da UFPR?

 

O Programa de Mobilidade Nacional segue o mesmo Edital do Programa de Mobilidade Internacional. Portanto, os requisitos são os mesmos. Cabe ao estudante ficar atento às datas de lançamento dos editais, tendo em vista que são duas chamadas anuais, sempre um ano antes da saída. Ou seja, se o aluno se inscreve no segundo semestre de 2012, sua data prevista de saída para o intercâmbio será no segundo semestre de 2013.

 

Qual o período máximo para realização da mobilidade?


Diferente da Mobilidade Internacional, o Programa de Mobilidade Nacional tem a duração máxima de 06 meses.

 

Os alunos ganham bolsa?


Os alunos que têm direito a receber bolsas de estudo quando do período de realização da Mobilidade, receberão estas parceladas em 6 vezes, relativamente aos 6 meses (duração máxima) do Programa. Além disso, é coberto também o preço da passagem: até 1000 km, ônibus, acima disso, avião.

É importante lembrar que os requisitos para se obter a bolsa estão especificados nos referidos editais.

 

Quais as obrigações do estudante da UFPR durante o período de intercâmbio?


Os estudantes devem cursar 24 créditos/carga horária mínima do seu curso. Além disso, ter frequência mínima obrigatória, aprovação nas disciplinas cursadas e apresentar relatório e histórico da Universidade de Destina à ARI. Questões relacionadas a equivalências ou aproveitamento de disciplinas cabem ao estudante, que deve analisá-las junto ao Colegiado de seu curso.

 

Quais os documentos necessários?


Após ser aceito pelo processo seletivo, a ARI entrará em contato com o estudante e disponibilizará a ele a lista completa dos documentos necessários para a realização do Programa de Intercâmbio.